DICIONÁRIO TECNICO DA MÍDIA DIGITAL INDOOR.

São uma sopa de letrinhas entender as palavras que se usa nesse mundo digital e para ajudar quem acompanha ou iniciantes segue algumas informações importante para você entender. São muitos os termos mas vamos tentar colocar os mais usados em nosso segmento.

Digital Signage (DS) / Sinalização Digital – Segmento de mercado que utiliza telas eletrônicas em substituição às sinalizações tradicionais para transmitir informações. Digital signage é o termo que engloba todas as aplicações deste mercado,

Rede de Digital Signage – São várias telas de digital signage interconectadas através de um centro de controle único e remoto, conhecido como software de digital signage.

Software de Digital Signage – Programa ou App com o objetivo de controlar e monitorar a rede de digital signage remotamente.

Telas de mídia indoor – Se refere aos displays de LCD, LED, plasma, etc, usados para exibir os conteúdos de digital signage.

Mídia digital Indoor digital / TV Indoor – são telas instaladas em ambientes fechados, como shopping centers, academias, aeroportos, loteias, supermercados entre outros.

Mídia outdoor digital – Telas localizadas em ambientes externos como em vias de grande tráfego de veículos, ou eventos ao ar livre.

Audiência – Grupo de pessoas atingidas pelas mensagens veiculadas nas telas de digital signage.

Público alvo – Se refere a um grupo específico de pessoas as quais as mensagens das telas são focadas.

Anunciante – Empresa que compra o espaço na programação das telas para anunciar seus produtos ou serviços.

Tempo de exposição (Dwell Time) – Tempo médio em que a audiência é exposta às telas.

Alcance – Trata-se do número de pessoas atingidas por uma determinada tela, ou pela rede de telas, durante um tempo específico.

Segmentação – É a prática de identificar características em comum da audiência de cada ponto de divulgação e separá-la em grupos para aumentar a efetividade da mensagem das telas.

Pontos de divulgação / Ponto de veiculação – Locais onde estão instaladas a tela, ou as telas (caso tenha mais de uma no mesmo local)

Mídia / Conteúdo – Trata-se de qualquer arquivo , vídeos, imagens e áudios exibidos nas telas

Playlist – Em digital é um grupo de mídias exibidas em sequência

Campanha – Em DS, campanhas são mídias específicas que são adicionadas à programação das telas.

Programação / Grade de Programação – É o resultado final de todas as playlists. É a sequência de conteúdos que de fato será exibida nas telas.

Canal – O canal é o meio que irá concentrar todas os conteúdos para formar a programação. Cada player pode ter apenas um canal.

Layout – É a configuração das áreas de uma mídia, cada área podendo conter diferentes informações.

Template – É um conteúdo que contém um layout pré-formatado, usado para facilitar a criação de conteúdos próprios.

Feed RSS – Dados formatados que são recebidos pelos players automaticamente. Muito utilizado para manter os conteúdos informativos sempre atualizados .

Transição – Momento de troca de uma mídia para outra dentro da programação do player.

Relatórios  – Arquivos utilizados para provar a reprodução dos conteúdos.

TV Corporativa – Utilizado dentro das empresas como ferramenta de comunicação interna.

Mural Digital / Mural eletrônico – igual à TV Corporativa, com a diferença que o conteúdo do mural digital possui apenas avisos internos aos colaboradores enquanto a TV Corporativa pode conter conteúdos diversos, como notícias externas, informações diversas, palavra do presidente, etc.

Menu Board Digital – Utilizado para exibir o cardápio de restaurantes, fast-foods, bares, etc.

Vitrine Digital – localizado nas fachadas dos estabelecimentos comerciais para chamar a atenção dos consumidores.

Digital Signage Interativo – Telas de DS com touchscreen para receber comandos do espectador.

Player / Media Player/TV Box – Equipamento dedicado a exibir os conteúdos para os moniotres.

Extensor HDMI – Dispositivo utilizado para aumentar a distância que um sinal de vídeo com o protocolo HDMI pode percorrer.

Splitter HDMI – Dispositivo para replicar o mesmo sinal de vídeo para duas ou mais telas.

Displays / Telas – São os monitores, TVs ou painéis de LEDs exibidores dos conteúdos de digital signage.

Monitor LFD – Monitor profissional para digital signage.

Video wall – Associação de duas ou mais telas para formar uma única imagem de vídeo.

Mídia horizontal – Conteúdos que foram produzidos para serem exibidos “deitado” nas telas, ou seja, quando a tela está em sua posição normal e a maior dimensão é a horizontal (ex.: resolução 1920×1080 e aspect ratio 16:9).

Mídia vertical – Conteúdos que foram produzidos para serem exibidos “em pé” nas telas, ou seja, quando a tela está invertida e a maior dimensão é a vertical (ex.: resolução 1080×1920 e aspect ratio 9:16).

Resolução – É o tamanho do vídeo ou da imagem expressa em píxeis em cada dimensão (píxeis na dimensão horizontal x píxeis na dimensão vertical). Para os vídeos, é acrescentado a letra “i” para denotar interlaced, ou “p” para progressive. As resoluções mais comuns são 1920x1080i (ou apenas 1080i), 1920x1080p (ou apenas 1080p), 720p, etc.

Inserção – O ato de inserir um anúncio na programação do player.

Pedido de inserção – Contrato dado ao anunciante para formalizar a venda do espaço publicitário de uma rede de digital signage.

Mídia Kit – Apresentação da rede de digital signage aos anunciantes contendo diversas informações relevantes para este cliente, como pontos de veiculação, perfil da audiência de cada ponto, fotos, alcance, preços, entre outros.

ROI (Return on investment– É o retorno sobre o investimento feito. Para os anunciantes o ROI é a análise de quanto foi investido nos anúncios em digital signage e qual foi o resultado disto em aumento de vendas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *